Brincadeiras para bebês de 1 a 6 meses

Por Amanda Amaral, a Doutora Mamãe!

DOUTORA MAMAE REDUZIDA

Olá, queridos leitores do blog Mãe Pirada!

Em homenagem ao mês das crianças, preparei alguns posts com ideias de brincadeiras para cada faixa etária. O post de hoje é com dicas de como brincar e estimular os bebês de 1 a 6 meses.

A primeira dica é: converse sempre com seu bebê, olhando-o nos olhos, escutando seus sons e admirando seu sorriso, independente da idade dele.

Cada criança possui seu ritmo de amadurecimento, por isso é possível que esteja um pouco adiantada ou atrasada em relação a alguns marcos do desenvolvimento, sem que isso caracterize um problema. Respeite o ritmo do seu filho e procure não compará-lo com outra criança.

O importante é que a criança seja avaliada regularmente pelo pediatra.

Como saber se você está exagerando no estímulo?

Os bebês costumam mostrar sinais de superestimulação, como bocejar, fechar os olhos e chorar. Se isso acontecer, pegue-o no colo, converse com ele usando uma voz suave e aperte-o delicadamente contra seu corpo. Isso reduz o estresse que ele pode estar sentindo.

As brincadeiras descritas a seguir estão divididas por idade (de 1 até 6 meses), sempre respeitando a fase do desenvolvimento.

Atenção: os brinquedos usados com bebês devem ser suficientemente grandes para não serem engolidos, macios, laváveis e coloridos.

  • 1 mês:

Colocar um brinquedo adequado para a idade na mão do bebê ou a uma distância de 20cm, para que ele possa fixar o olhar e tentar alcançá-lo com a mão.

Movimentar um brinquedo de um lado para o outro, para que o bebê possa acompanhar o movimento com o olhar.

Balançar um chocalho para o bebê ouvir o som e associá-lo ao movimento.

Fazer caretas para o bebê. Com o passar do tempo, ele começará a imitá-las.

Com o bebê deitado de costas, movimentar suas pernas como se ele estivesse pedalando uma bicicleta. Cuidado para não forçar suas perninhas.

  • 2 meses:

Colocar o bebê de bruços com brinquedos em ambos os lados, para estimular a lateralidade; ou posicionar os brinquedos na frente do bebê incentivando-o a alcançá-los.

Brincar com chocalho e colocá-lo na mão do bebê. Vale até inventar uma música!

Pendurar objetos coloridos e que façam barulho no berço, com o tempo ele tentará tocá-los.

  • 3 meses:

Deixar o bebê de barriga para baixo para brincar.

Colocar brinquedos perto da mão do bebê, estimulando-o a conseguir pegá-los.

Brincar com móbiles, de preferência em uma altura que o bebê possa alcançar quando estiver deitado de costas.

Deixar o bebê tocar texturas diferentes, como lã, cetim e tecidos felpudos.

  • 4 meses:

Com o bebê sentado em seu colo, brincar de “serra-serra” (levanta/deita).

A partir da posição lateral, estimulá-lo a rolar.

Deixar o bebê de barriga para baixo e favorecer o “nadar no seco”.

Ensinar o bebê a bater um brinquedo no outro.

Mostrar um brinquedo e depois escondê-lo, para observar se o bebê procura.

Dar mordedor e brinquedos que ele possa levar à boca.

  • 5 meses:

Colocar o bebê sentado, cercado de almofadas, mantendo sua coluna bem ereta.

Deixar brincar com cubos e caixinhas.

Ajudar o bebê a rolar usando uma toalha como auxílio.

Imitar os sons que o bebê faz. Que tal cantarolar com as sílabas que ele mais emite?!

Com o bebê deitado de costas, colocar um brinquedo que faça barulho próximo aos seus pés, para que ele chute e escute o som.

  • 6 meses:

Colocar o bebê sentado com leve apoio.

Estimular o bebê a passar um brinquedo de uma mão para outra.

Se esconder com uma fralda e estimular o bebê a encontrar você.

Colocá-lo em frente ao espelho e fazer brincadeiras de aparecer e desaparecer.

Posicionar os brinquedos longe do bebê estimulando que ele se arraste para buscar. Apoie sua mão na planta dos pezinhos dele, para ele tentar dar um impulso.

Esconder um brinquedo embaixo de uma almofada e incentivar o bebê a procurá-lo.

Levar o pé do bebê até a mão ou a boca.

Brincar com fantoches, alterando sua voz e tocando nas partes do corpo do bebê.

Um beijo,

Amanda

DOUTORA MAMAE IMAGEM

Amanda Amaral é pediatra, mãe do Gustavo e autora do blog Doutora Mamãe, também com uma linda página no Facebook! É um prazer ter você conosco, Amanda!

banner-empreenda-em-casa-jpeg

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook