Como doar leite materno?

Nunca imaginei que pudesse me tornar uma doadora de leite materno, porque eu sentia dor e tinha muito nervoso de tirar leite com bombinha. Mas quando minha primeira filha nasceu, vi uma reportagem que me sensibilizou muito, mostrando crianças prematuras que eram salvas pelo leite de outra mãe. Foi aí que resolvi encarar o desafio e descobri que era muito mais fácil do que eu pensava!

Na minha cidade, descobri que a coleta era feita pelo Corpo de Bombeiros. No início, achei estranho e pensei que um bombeiro viria aqui tirar meu leite…kkkkkkk Mas não é nada disso! Uma oficial do Corpo de Bombeiros veio aqui em casa com a cartilha e o material de apoio. Ela me explicou como tirar e armazenar o leite com as ilustrações do folheto! Eu não tive que tirar a blusa na frente dela, viu? Rs

Ela explicou que usar a bombinha não era recomendado, porque havia risco de ferir o bico do peito. Então o ideal era a ordenha manual ou então a retirada com o “tira-leite” (foto), então preferi essa segunda opção.

Também fui orientada sobre a higiene (eu usava a touquinha que eles forneciam) e o armazenamento: o leite seria congelado nos frascos que eles me disponibilizaram. Então eu tirava todos os dias e colocava o leite no mesmo vidro que já tinha uma parte congelada. Uma vez por semana, eles passavam aqui em casa para buscar o recipiente. Esse leite seria pasteurizado e servido para os bebês prematuros da UTI neonatal.

Nas primeiras semanas, fui avisada para não ficar constrangida com o pouquinho de leite que conseguiria tirar. Qualquer quantidade seria muito bem-vinda. E realmente tirei muito pouco nas primeiras semanas! O leite cobria apenas o fundo do frasco. Mas depois peguei o esquema e a quantidade foi aumentando. Mas não se assuste: nunca consegui encher um frasco inteiro! Mas o pouco que eu rendia já era o suficiente para ajudar, porque prematuro mama muito pouco!!!

Doei leite por seis meses e fiquei muito feliz em ter ajudado crianças que hoje devem ser adolescentes! Quando nasceram os trigêmeos, não consegui repetir a experiência porque era muita criança pra amamentar! Mas olha que legal: meu trio nasceu prematuro e tomou leite de outra mãe generosa na UTI. É a corrente do bem, trazendo saúde para todo mundo!

Se você pensa em doar leite materno, dou a maior força! Procure na internet a forma de coleta na sua cidade e agende a visita da equipe! É rápido, fácil e salva vidas!

Você também vai curtir:

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook