O Sono dos Bebês

Por Amanda Amaral, a Doutora Mamãe!

DOUTORA MAMAE REDUZIDA

Olá, mamães e papais!

O sono da criança é importante para o seu crescimento, desenvolvimento e bem-estar emocional (e também para o descanso dos pais). Existe um tempo médio de sono indicado para cada idade:

sono-2
É importante lembrar que cada criança é diferente e esses números podem variar para mais ou para menos.

Se o seu filho não dorme a quantidade de tempo recomendado, não precisa se desesperar. Entender o que está acontecendo pode ajudar você a lidar melhor com essa situação. Vou te contar o que pode prejudicar o sono do bebê:

– Ausência de rotina: essa costuma ser a causa mais comum de dificuldades com o sono. Sim, a criança precisa ter um horário para ir para a cama e isso costuma ajudá-la a dormir melhor. A falta de rotina está muito relacionada ao horário da família, quando os pais dormem muito tarde e o ambiente fica mais agitado à noite. Além disso, o bebê é muito sensível ao espaço que o cerca, fazendo com que seu sono seja facilmente afetado por ansiedade ou estresse familiar.

– Falta da mamãe: o bebê pode sentir insegurança ao se ver longe da mãe, podendo ter o soninho prejudicado. Isso se torna mais evidente em uma das fases do seu desenvolvimento chamada ansiedade de separação, que é quando ele passa a compreender que é um ser independente da mãe, geralmente entre 6 e 9 meses de vida.

– Saltos de desenvolvimento: o bebê passa por momentos de mudanças, geralmente relacionadas à aquisição de uma nova habilidade (motora ou cognitiva) ou a um ganho em seu crescimento. Nessa fase é comum ter o sono um pouco prejudicado.

– Soneca de mais ou de menos: o excesso de soneca pode fazer com que o bebê não sinta sono à noite e a falta dela pode deixá-lo mais agitado e irritado, dificultando o relaxamento para dormir.

Algumas dicas para ajudar a melhorar o sono do seu filho:

– Crie uma rotina de dormir: leia uma história, faça uma oração ou simplesmente agradeça pelo bom dia. Procure ter um horário definido para ir para a cama, principalmente durante a semana.

– Faça do quarto do seu filho um lugar relaxante e reconfortante.

– Evite atividades agitadas logo antes de deitar.

– A criança pode precisar de um objeto de transição, que serve de ponte entre ela e a mãe, trazendo mais conforto e segurança. Pode ser uma naninha, um paninho ou bichinho de pelúcia. Mas certifique-se que o objeto é seguro para a idade do seu filho.

– Evite oferecer ao seu filho alimento ou bebida que contenha cafeína (como café e refrigerante) pois pode criar mais dificuldade para adormecer. Essa dica vale também para as mamães que amamentam, pois a cafeína passa para o leite materno.

Lembre-se: uma boa noite de sono é um processo aprendido e somos nós, mamães e papais, os responsáveis por ensinar aos nossos filhos.

Um beijo,
Amanda

DOUTORA MAMAE IMAGEM

Amanda Amaral é pediatra, mãe do Gustavo e autora do blog Doutora Mamãe, também com uma linda página no Facebook! É um prazer ter você conosco, Amanda!

 

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook