As grávidas e os perguntadores


As barrigas de grávidas têm um poder enorme de atrair seres da espécie perguntadoris indiscretus. São pessoas que não têm nenhum pudor em perguntar o que quer que seja. Basta perceberem que você está grávida para a sabatina começar. Dá vontade de responder à altura.

  • Quando o neném foi feito? Que indiscreeeeetoooo!
  • Foi numa sexta-feira, às 23h45, depois que eu estendi a roupa da máquina, mas foi rápido, porque lembrei que tinha que tirar a carne do congelador e…
  • Onde o neném foi feito? Que indiscretooooooo!
  • Então… Lembra aquele dia em que dormimos na sua casa?
  • Como você vai fazer agora?
  • Não vou fazer nada. Já fiz.
  • Parto normal ou cesárea?
  • Parto humanizado na pororoca do Rio Amazonas.
  • Quem é seu obstetra?
  • Uma índia parteira da tribo Upa Upa.
  • Tá com desejo?
  • Sim, de ficar em silêncio.
  • Vai ser menino ou menina?
  • Depende do que ele escolher.

Mas, como somos civilizadas, damos as respostas prontas para as perguntas prontas. Não precisamos radicalizar. Diga o que as pessoas querem ouvir. Afinal, a maioria não faz por mal. Eu mesma já fiz algumas dessas perguntas a gestantes (exceto as muito indiscretas) e elas não foram grosseiras comigo. Portanto, mande seu cérebro fabricar paciência e saiba que a maioria dos perguntadoris indiscretus não tem noção de que pode estar invadindo sua privacidade.

A melhor técnica para não se aborrecer com os perguntadoris é ligar o modo automático, tática ensinada pelo Papai Nada Pirado. Ele diz que vê apenas as bocas das pessoas se mexendo, mas não presta atenção no que elas falam. Bom, né? Agora passou uma coisa pela minha cabeça que não tem nada a ver com tudo isso. Não é que o sem-vergonha usa essa técnica comigo???

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

28 Comments

  1. Odeio as perguntas, sim ja tive q falar q nao ia me mudar pra casa de uma pessoa pra ela parar de merguntar do quarto do meu bebe

    Post a Reply
  2. Eu sei o dia, a hora e o lugar que a minha primeira filha foi feita. E a terceira tb!!! Kkkkkkkkkkkkkkk

    Post a Reply
  3. Da minha filha sei sim! O que mais escutei na minha ultima gravidez ( e ainda escuto!) é: “agora que tu tem um casal fechou a fábrica né?” . Fechei mesmo, mas pra causar digo que daqui a dois anos quero mais um e daqui a quatro quero adotar! Os palpiteiros piram!!
    (Eu sei quando foram feitos meus bebéios 😉 )

    Post a Reply
  4. Vou responder mesmo assim. Kkkk. Com o primeiro é mais difícil saber, mas depois que tem o primeiro e você tem de quase marcar encontro romântico na agenda com o marido fica facinho saber data! Kkkkkk

    Post a Reply
  5. Mais indiscretas que essas perguntas são as dicas de como praticar o “ato” para escolher o sexo do bebê. ..como a primeira foi uma menina no segundo muitas conhecidas davam palpites de posições para formar um casal.. faz de lado.. .posição de rampa.. quadradinho de oito ..não deixa entrar ar.. .Oi?? ??? Porque tem que ser casallllll?? Mas deu certo. ..kkkkkkkk

    Post a Reply
  6. Hahahah se perguntarem, do jeito que já estou de saco cheio dos palpiteiros de barriga, capaz de responder

    Post a Reply
  7. A mais frequentes… eu no quarto baby respondo quase que diariamente …. ” vcs nao tem tv em casa?” ou entao como vão fazer com o time de basquete? Vão comprar uma combi? rir para não enfiar a mão na cara do cidadão ….

    Post a Reply
  8. Da série perguntas idiotas, o cabelo ruivo do seu filho é natural? O que dizer para essa pessoa? Não, eu pinto toda semana pra não dar raiz.

    Post a Reply
  9. Sei do primeiro . Agora o segundo eu sei como foi feito! Mas dia, hora não. Até porque ele não foi programado por mim , costumo dizer que foi por Deus . Estou muito feliz com a chegada dele na minha vida .

    Post a Reply
  10. Meu segundo filho foi fabricado às 12:30 de um dia 7 de setembro há 25 anos? Como sei? O pai chegou de viagem e o anjinho já devia estar na fila para vir encantar minha vida. Até hoje eu comemoro a data pois ele foi um presente para mim. Lucas, eu te amo muito!

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook