Doutora Mamãe: Cólica do Lactente

Por Amanda Amaral, a Doutora Mamãe!

DOUTORA MAMAE REDUZIDA

Mamães e papais,

Esse é um assunto que não podia faltar por aqui, pois gera muitas dúvidas e angústias. Entender o que acontece pode acalmar você e, consequentemente, ajudá-lo a lidar melhor com a tão temida cólica do bebê.

A cólica costuma causar irritabilidade, agitação e choro. O choro é muito forte, o bebê faz extensão e flexão rítmica das pernas e fica com o rosto vermelho.
Esses sintomas aparecem quando o bebê tem em torno de 3 semanas de vida e costuma surgir sempre no mesmo horário, geralmente ao anoitecer, durando cerca de 3 horas e mais de 3 dias na semana.

O que costuma aliviar a cólica?

  • Massagem abdominal;
  • Compressa morna na barriga do bebê;
  • Colocar o bebê no colo, apoiando-o de bruços sobre seu peito ou sua barriga, para que o calor do seu corpo aqueça a barriguinha dele.

Às vezes, a cólica cede de forma brusca e espontânea, fazendo o bebê dormir horas seguidas para amenizar o cansaço.

O risco de cólicas é menor nos bebês em aleitamento materno exclusivo quando comparados aos bebês em uso de fórmula infantil.

Atenção: Cuidado com o uso indiscriminado de remédios para cólica, não dê nada ao seu bebê sem a prescrição do pediatra.

A boa notícia é que a cólica é benigna e transitória, costuma desaparecer quando o bebê completa 3 meses de vida.

O choro:

É importante lembrar que o choro é a principal forma de comunicação do recém-nascido, mas pode acabar se tornando um motivo de tensão para os pais pela dificuldade de identificar a causa. Sei que às vezes é desesperador ver o filhinho chorando, mas fique tranquilo e tente passar segurança e confiança para o bebê, isso aumentará ainda mais o vínculo afetivo de vocês.

A cólica é uma das causas de choro, porém não é a única. Os bebês choram por fome, sede, frio, calor, necessidade de atenção e aconchego, fralda excessivamente molhada e outros incômodos. Aos poucos, você vai aprendendo a identificar essas causas e se sentindo cada vez mais confiante em exercer essa função nos cuidados do bebê.

Um beijo,

Amanda

DOUTORA MAMAE IMAGEM

Amanda Amaral é pediatra, mãe do Gustavo e autora do blog Doutora Mamãe, também com uma linda página no Facebook! É um prazer ter você conosco, Amanda!

EBOOK GRATUITO!

CAPA 3D

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook