Mitos ou verdades alimentares do tempo da vovó

comidinhas da maite

Por Camila Granato

Oi pessoal! Hoje vamos começar uma nova série aqui no Mãe Pirada. A ideia é desmistificarmos algumas tradições alimentares do tempo da vovó e mostrarmos que elas podem sim ser bacanas, ou não, são sem fundamento.

Já falamos aqui de uns dos clássicos do tempo da vovó que a gelatina de caixinha, que não é bacana, e contamos como fazer uma versão saudável desse clássico. E hoje vamos falar de uma que eu escuto desde que a pequena nasceu.

Afinal, criança que toma engrossante dorme melhor?

A resposta é: MITO

Todo mundo que tem criança pequena e passa aperto com o sono, já deve ter ouvido pelo menos uma vez na vida que “eu dou uma engrossadinha na mamadeira e ele dorme melhor”. Mas o que pode parecer uma verdade inquestionável, pode surtir o efeito contrário em muitos bebês.

A verdade é que cada criança tem o seu padrão de sono. Eu por exemplo conheço crianças que mamam no peito e que dormem melhor que crianças que tomam mamadeira, por exemplo. E não existe nenhum estudo científico que associe padrão de sono ao tipo de leite consumido pela criança.

O mesmo vale para os engrossantes industrializados. Além de serem pobres nutricionalmente, têm quantidade excessiva de açúcar e alguns cereais que podem causar prisão de ventre. E não existe nenhuma evidência científica que ajudam a melhorar o padrão de sono das crianças.

Já uma alimentação saudável e uma rotina bacana na hora de dormir, têm se mostrado super eficientes nesse quesito.

Mas se mesmo assim, você quiser dar engrossante para o bebê, que tal fazer uma versão saudável? É uma farinha bacana, ideal para colocar no leite, nas vitaminas, frutas ou até mesmo fazer mingaus, que eu encontrei no Delícias do Dudu, site de que sou fã de carteirinha!

Engrossante “do bem”

foto 1

foto 2
foto 3

Bater no liquidificador:

1 Xícara de Aveia: além das fibras, é rica em cálcio, ferro e antioxidantes. Ajuda na saciedade.

½ Xícara de quinoa: é um grão cheio de vitaminas, minerais e ajuda no funcionamento do intestino.

½ Xícara de Gergelim: é uma semente rica em Omega-6, ajuda a reduzir o colesterol e rico em nutrientes essenciais para o organismo.

Depois é só armazenar num pote hermético e usar no dia a dia. Essa sim, vale à pena incluir na alimentação dos pequenos.

Beijos e até semana que vem.

Camila Granato é a titia do quarteto fantástico da Mãe Pirada e mãe da Maitê, de 2 anos. Jornalista apaixonada por gastronomia, concluiu o curso profissionalizante de auxiliar de cozinha pelo Senac.

 Slide3

 

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

5 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook