Refluxo no bebê

Por Amanda Amaral, a Doutora Mamãe!

DOUTORA MAMAE REDUZIDA

 

Mamães e papais,

Refluxo gastroesofágico é o retorno do conteúdo do estômago para o esôfago, fazendo o bebê regurgitar (golfar). Na maioria das vezes, é considerado uma característica normal do bebê, sendo chamado de refluxo fisiológico, causado pela imaturidade do seu sistema digestivo. Mas também existe a doença do refluxo gastroesofágico, que é quando surgem sintomas ou complicações desse quadro.

• Algumas medidas que ajudam a aliviar o refluxo:
Após a mamada, manter o bebê na posição em pé por cerca de 30 minutos.
Evitar balançar o bebê logo após a mamada.
Evitar trocar a fralda logo após a mamada.
Colocar o bebê para dormir no berço com a cabeceira elevada a 30 graus.
Acompanhar o ganho de peso do bebê, para avaliar se o refluxo não está causando prejuízo no seu crescimento.

• Quais sinais podem indicar que o bebê tem a doença do refluxo gastroesofágico?
Recusa alimentar (o bebê recusa ou interrompe a mamada, mesmo estando com fome)
Vômitos (ele vomita praticamente tudo que mama, na maioria das mamadas)
Baixo ganho de peso
Irritabilidade (principalmente logo após mamar, como se algo estivesse o incomodando)
Sintomas respiratórios (geralmente tosse)
Posição com a cabeça para trás (arqueamento do tronco)
Apneia (quando o bebê para de respirar por um tempo)
Engasgo associado a cianose (ficar roxinho)

Se o seu bebê apresenta um desses sinais, converse com seu pediatra, para que ele possa avaliá-lo melhor.

Um beijo,
Amanda

DOUTORA MAMAE IMAGEM

Amanda Amaral é pediatra, mãe do Gustavo e autora do blog Doutora Mamãe, também com uma linda página no Facebook! É um prazer ter você conosco, Amanda!

PARA MÃES EMPREENDEDORAS!

banner-empreenda-em-casa-jpeg

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook