Relato de parto, por Carla Carvalho




cd_extra_______rafael_lopes__...001

Gostaria de contar que meu parto foi igual aqueles de TV, em que as mães que podem, pagam cesariana em hospitais incríveis, que fornecem até maquiador para a mamãe sair maravilhosa do hospital. Meu parto foi pelo SUS, fiz todo meu pré natal no posto de saúde, mas tive bons profissionais cuidando de mim.

Uma noite antes do Enzo nascer corri pra Santa Casa de Jaú, já sentindo as contrações a cada 3 minutos. O médico que me atendeu fez o exame de toque e me mandou pra casa, mesmo com dor. Disse que dali a 4 dias meu bebê nasceria. Me tratou com descaso, mas o que me restava era suportar a dor e esperar a troca de plantão que só aconteceria as 7 da manhã. Era meia noite quando sai do hospital.

Passei aquela noite de pé chorando de dor, andando de um lado para outro pela casa. De manhã meu marido me deixou no hospital com minha mãe e foi trabalhar. Para quem está lendo deve pensar: que marido insensível! Mas não, ele é policial e só poderia ser dispensado do serviço caso o bebê nascesse, o que não era certeza.

Por sorte, o plantonista agora era uma médica, um anjo que me internou na hora e disse que meu bebê nasceria naquele dia. Porém a dilatação demorou, fiquei à base de comprimidos e soro que acelera as contrações. Uma dor quase insuportável, mas eu orava a Deus e suplicava forças.




Fui internada às 7h30 da manhã e 14 horas depois o Enzo nasceu de parto normal. Quando vi aquele rosto, tudo passou. Agradeço a Deus por ele ter nascido saudável, com 51 cm e 3.620 kilos.

IMG_20150425_210058

Mais relatos!

 Relato de Parto, por Fabiana Soares




Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

4 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook