Bebê na barriga e minhoca na cabeça
nov28

Bebê na barriga e minhoca na cabeça

É impressionante a quantidade de baboseiras em que pensamos quando estamos grávidas. O nome científico disso é caraminholicis in cabeçus. Toda anomalia de que temos ciência, achamos que vai acontecer conosco. Aposto um pote gigante de Nutellaque você também pensou (ou pensa) nisso… Na minha gravidez trigemelar, eu estava sofrendo de caraminholicis in cabeçus em dose tripla. Eu tinha um sentimento de que um dos bebês poderia...

Read More
O excesso de informação na gravidez
ago19

O excesso de informação na gravidez

Uma coisa importantíssima que aprendi é que o excesso de informação pode ser prejudicial à gestação. Meu obstetra costumava dizer: quer ser uma grávida feliz? Então não pesquise na internet. Se ficarmos cismadas e pesquisarmos minuciosamente sobre tudo o que pode acontecer, a gente infarta. Lembra daquela música dos Titãs? “Reumatismo, raquitismo, cistite, disritmia, hérnia, pediculose, tétano, hipocrisia…E o pulso ainda...

Read More
Saída da maternidade: o medo de levar os bebês para casa
ago17

Saída da maternidade: o medo de levar os bebês para casa

Morri de medo quando me deram alta do hospital após o parto da minha primeira filha. Quando o médico passou as recomendações e foi embora, olhei para a porta do quarto se fechando e fiquei com vontade de sair correndo, me agarrar nas pernas dele, implorando para que fosse morar conosco. Deu vontade de chorar. Aí, veio a enfermeira nos expulsar: “Vamos embora?”. Minha vontade era falar: “Vamos sim e você vem junto, né?”. Tem gente que...

Read More
Medo da babá eletrônica
ago13

Medo da babá eletrônica

Antes de ter filhos, o objeto mais odiado da minha casa era o despertador. Como não podemos viver sem ele, é um mal necessário. É como dormir com o inimigo. Ele está ali para interromper seu sono, tirar sua tranquilidade. Alguns se disfarçam de bonzinhos e o acordam com sua música preferida. São lobos disfarçados de cordeiro. Mas passei a achar os despertadores caras legais depois que conheci uma coisa muito, muito, muito pior: a babá...

Read More
Facebook