Versão Pirada 3.9

Quando vai chegando perto dos 40, a mulherada costuma dizer: “Eu não me troco por nenhuma garotinha de dezoito!”. Eeeppppaaaa! Peraê! Vamos separar as coisas. O corpicho eu troco sim. Me diz onde é o posto de troca, que vou lá agora. Mas do espírito, minha amiga, realmente eu não abro mão.

Hoje completo 39 anos, feliz da vida em ter entrado numa fase sem noção. Não, não me visto como uma semi-idosa periguete. Se me pegarem assim na rua, por favor me dêem uns tapas na cara e, se não resolver, me internem. Estou sem noção na minha maneira de pensar e agir. A “senhora perfeição”, que habitava em mim, não existe mais!

É lógico que isso não veio somente com os 3.9. Pirei mesmo quando me dei conta da responsabilidade de cuidar dos quatro presentes mais preciosos que ganhei na vida. Não dava mais para ser normal, né?

Então hoje estou felizinha com a minha nova versão, a pirada. Liguei, digamos, o “dane-se” solenemente. Desapeguei. Surtei. Só quero ver a turminha feliz e pronto. O resto é o resto.

Eu simplesmente perdi a vergonha na cara. Escrevo sem nenhum filtro de “o que as pessoas vão pensar”. Escrevo para mim, com o coração, como se ninguém estivesse lendo. E o bom é que tá todo mundo lendo! Estou adorando isso, viu? Obrigada por curtirem e compartilharem as minhas besteiras! Estou muito feliz com o retorno de vocês!

Mas, voltando ao corpinho de dezoito, quero sim, viu? Quero muiiiiito. Quem souber onde pega, me manda de presente de aniversário.




Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

2 Comments

  1. Parabéns (não sei quando vc publicou o artigo), mas vc merece os parabéns todos os dias. :*

    Post a Reply
    • Ahhhhh! Obrigada!!!!

      Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook