Carta de um bebê para a mamãe que volta ao trabalho

Querida mamãe,

Sei que esse momento é doloroso. Vamos nos separar um pouquinho. Sei que você vai chorar. E eu vou chorar também. Mas sei que você precisa trabalhar para me sustentar. Ou então, para ser feliz na profissão que você escolheu. Por isso, não se culpe, mamãe. Sei que é para o meu bem.

Quando me deixar na creche ou com alguma pessoa de confiança, você sofrerá. Sentirá que está faltando um pedaço de você.  Achará que ninguém vai cuidar de mim como você cuida. É claro que prefiro você, afinal, é a minha mamãe. Mas preciso também aprender a ser independente, conhecer outros lugares e outras pessoas.

Você vai achar que eu não vou me adaptar, mas vou te surpreender. Mesmo sendo difícil no início, vou aos poucos me acostumando com a nova rotina. Posso até chorar na hora em que você me deixar, mas quando virar as costas vou me distrair com outras coisas. Vou evoluir e passar por novas experiências. Vou ficar mais esperto e maduro.

Por isso, mamãe, não sofra. Todas as mamães que trabalham passam por essa separação, de uma maneira ou de outra. Lá na frente, vou entender que tudo o que você fez foi para me dar o melhor. Vou me orgulhar de você. E vou te amar absolutamente do mesmo jeito.

Todos os dias ficaremos afastados por algumas horas. Mas vamos nos reencontrar e matar as saudades. Voltarei feliz para o seu colinho. Esse vai ser o melhor momento do nosso dia, que você vai guardar no coração para o resto da sua vida.

Te amo, mamãe. Tenha força.

Seu bebê.

Comments

comments

Author: Paola Lobo

Share This Post On

369 Comments

  1. Nossa volto a trabalhar amanhã realmente é doloroso demais já fiz a adaptação dela na escolinha, apesar de ser a terceira filha nós nunca acostumamos com essa situação ela se adaptou muito bem pois é muito boazinha minha bebe, agora a mamãe aqui ta de coração partido o sentimento de culpa é grande mas nas condições que se encontrando nosso país não posso largar o emprego, peço a Deus que me de forças para conseguir passar esses primeiros dias que são os piores.

    Post a Reply
  2. O meu Deus volto na segunda dia 01fevereiro ja estou com coração na mão, e olha que não sou mãe de primeira de viagem rsrs. Com fé em Deus vai dar tudo certo.

    Post a Reply
    • Ain que lindo, até chorei! Mas meu coração já doi de pensar em deixar ela…

      Post a Reply
  3. Eu voltei a três semanas, graças a Deus tudo certo , antes de voltar deixava minha bebe com as avos, dindas e vizinha, sei que segundo os pediatras a introdução de alimentos deve ser feita só com seis meses, mas comecei antes ,minha bebe come papinhas e frutinhas , talvez por isso tenha se adaptado mais facilmente ….tudo tranquilo e por fim a es professoras da escolinha que são fofas …

    Post a Reply
  4. Nossa é de arrepiar, tenho três filhos, volto da licença maternidade semana que vem e a sensacao que tenho é a mesma que tive no primeiro filho. Sensação de abandono, uma vontade louca de jogar tudo pro alto É ficar com eles em casa. Ficar pelo mais velho de seis anos que precisa da minha atenção, pela do meio de 1 ano e 10 meses que está na fase do aprendizado e do caçula de 3 meses que ainda se alimenta através da mamãe.
    Mas é o jeito, um dia vamos nos separar qdo estiverem crescidos tbm!

    Post a Reply
  5. Chorando muito ainda faltam 2 meses e eu ja to chofrendo… Meu Deus me dar força pra suportar !

    Post a Reply
  6. Eu não consegui voltar. Graças a Deus tive todo apoio do meu marido.
    Mas, não sei até quando vai dar pra ficar sem trabalhar fora.

    Post a Reply
    • Tbm não sei se consigo.
      Meu marido me apoia. Mas tbm quero só até os dois anos
      Quero um filho só e ainda vou perder esse início mágico? Graças a Deus tenho condições de ficar. Entendo quem não tem. E ainda tenho dúvidas

      Post a Reply
    • Exatamente, Tatiane Lima
      É muito complicado. Tudo se reajustou, pois sempre trabalhei fora.
      Não vou dizer que é fácil, mas, menos fácil ainda seria ter que deixar meu filho pra ir trabalhar fora.
      Quando meu filho nasceu, a primeira coisa que meu marido me pediu foi isso, pra que eu não voltasse a trabalhar antes dele completar 2 aninhos.
      Eu dou Graças a Deus, por estar tendo condições de cuidar dele em tempo integral.
      Fico de coração partido pelas mamães que não tem a mesma opção que a nossa.

      Post a Reply
  7. Eu não vou nem ler. Não tenho coração para isso
    Menos de um mês para minha volta. Estou perdida

    Post a Reply
    • Tatiane Lima, a cartinha é para dar força! O bebê fica bem e feliz, porque precisa ter novas experiências…rs Lê sim q vc vai gostar!!!

      Post a Reply
    • Que fofo! Pude ouvir a Lelê falando isso… rs… Graças a Deus agora ela tá bem na creche, vai feliz e volta feliz!

      Post a Reply
  8. Aí e muito difícil da um aperto eu passei minha licença cuidando da minha princesa não consegui volta agora que ela fez 1 ano voltei a trabalha mas e muito difícil

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook